Corregedoria finaliza procedimento que fixa diretrizes para migração processual ao PJe no âmbito do 1º grau do TRE-AC

Vice-presidente e corregedor do tribunal, desembargador Elcio Mendes, conduziu a apresentação do plano, no último dia 10, em Sena Madureira

TRE AC MARCO 2020 CORREG PJE SENA

A Corregedoria Regional Eleitoral do Acre concluiu, na última terça-feira, 10, na 3ª Zona Eleitoral (3ª ZE), com sede em Sena Madureira e abrangência aos municípios de Manoel Urbano e Santa Rosa do Purus, o procedimento administrativo que visa fixar as diretrizes do projeto de digitalização e migração processual do sistema SADP para o PJe, no âmbito do primeiro grau da Justiça Eleitoral Acreana.

Da apresentação do plano, que foi conduzida pelo vice-presidente e corregedor do TRE-AC, desembargador Elcio Mendes, também participaram a presidente da Corte, desembargadora Denise Bonfim, o juiz-auxiliar da Presidência, Lois Arruda, o juiz titular da 3ª ZE, Fábio Farias, o diretor-geral do TRE-AC, Jonathas Carvalho, a chefe de cartório (3ª ZE) Beatriz Pacífico e o assessor da Corregedoria Regional, Maydano Miranda.

Após conhecer todas as etapas e metodologia para a execução da atividade, o magistrado titular da unidade, Fábio Farias, manifestou-se de pleno acordo com o plano de migração.

Ao final da apresentação, o desembargador-corregedor informou que encaminhará ofício ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), anexando o cronograma de migração ao PJe dos processos físicos no âmbito da Justiça Eleitoral Acreana.

Durante o mês de fevereiro deste ano, a Corregedoria Regional Eleitoral realizou a atividade de fixação das diretrizes do projeto de digitalização e migração processual do sistema SADP para o PJe nas seguintes Zonas Eleitorais: 5ª (06/02), 7ª (06/02), 4ª (07/02), 1ª (19/02), 9ª (19/02), 8ª (28/02), 2ª (28/02) e 6ª (28/02).

Últimas notícias postadas

Recentes