Curso de Direito Eleitoral para Jornalistas reúne mais de 60 profissionais

CURSO DE DIREITO ELEITORAL PARA JORNALISTAS

Reforma eleitoral, tradução de termos jurídicos para a mídia e calendário eleitoral. Estes foram os temas abordados na manhã desta segunda-feira, 23, durante a 3ª edição do Curso de Direito Eleitoral para Jornalistas, promovido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), por meio da Escola Judiciária Eleitoral (EJE).

O evento, ocorrido no auditório do Ministério Público Estadual (MPE), contou com a participação de mais de 60 pessoas, entre jornalistas, acadêmicos e servidores do Tribunal. “Agradeço a todos que aceitaram o nosso convite e vieram observar as mudanças na legislação eleitoral, que passam a valer a partir destas Eleições de 2016”, destacou o presidente do TRE-AC, desembargador Roberto Barros.

O magistrado destacou as principais alterações trazidas pela Reforma Eleitoral (Lei n. 13.165/2015). Entre as mudanças, enfatizou o prazo para o início da campanha eleitoral, que antes era 5 de julho e após a reforma só poderá ocorrer a partir do dia 15 de agosto.

O diretor da Escola Judiciária Eleitoral, juiz Cloves Ferreira, ministrou a palestra “Tradução dos Termos Jurídicos para a Mídia”, esclarecendo de forma simples algumas expressões utilizadas pelo profissionais da imprensa em suas reportagens. Já os prazos previstos no calendário eleitoral de 2016 foram apresentados pela secretária judiciária do Tribunal, Luciana Arruda.

“Foi um curso importante e bastante esclarecedor para nós que somos profissionais da imprensa. A partir dele teremos maior respaldo para levar a informação correta à população”, destacou o jornalista Paulo Amorim, de Cruzeiro do Sul.

Também estiveram presentes no evento a vice-presidente e corregedora do TRE, desembargadora Waldirene Cordeiro, e o juiz membro da Corte Eleitoral, Raimundo Nonato Maia.

Últimas notícias postadas

Recentes