Promoção da Acessibilidade e da Inclusão nas Manifestações Públicas

Participação de Intérprete de Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS)

Justiça Eleitoral do Acre debate a importância da acessibilidade nos serviços públicos 

A Escola Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (EJE/TRE-AC) promoveu uma Mesa Redonda, tendo como foco a acessibilidade nos serviços públicos. 

Realizado por videoconferência, o evento contou com intérprete de Libras.

Direcionado a magistrados, promotores, servidores, representantes de partidos políticos e comunidade em geral, a ação formativa também contou com a participação de juízes-membros da Corte Eleitoral acreana e de integrantes da Comissão Permanente de Acessibilidade do Tribunal de Justiça do Acre e do TRE/AC. (Saiba Mais) (formato .pdf, tamanho 459kB)

Diplomação

Visando a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre utiliza intérprete de LIBRAS em sua maior manifestação pública, a Sessão Solene de Diplomação dos Eleitos (Saiba Mais, formato .pdf, tamanho 1.2 mB)

Propaganda Eleitoral

No ano de 2012, o promotor eleitoral da 9ª Zona assinou termo de cooperação com a Secretaria de Estado de Educação para disponibilização de um intérprete para cada coligação partidária sediada em Rio Branco, para gravação das traduções das propostas dos candidatos veiculadas na propaganda eleitoral de 2012 (Saiba Mais)

 

 Utilização de Legenda 

As propagandas institucionais produzidas e veiculadas pelo Tribunal Superior Eleitoral utilizam legenda, audiodescrição e linguagem acessível (Acesse aqui)

 

Utilização de audiodescrição

Promovido pela Escola Judiciária Eleitoral do TRE do Acre, o debate acerca da importância da acessibilidade nos serviços públicos contou com o recurso de audiodescrição.
Realizado por videoconferência, o evento teve como público-alvo magistrados, promotores, servidores, representantes de partidos políticos e comunidade em geral.
A ação formativa também contou com a participação de juízes-membros da Corte Eleitoral acreana e de integrantes da Comissão Permanente de Acessibilidade do Tribunal de Justiça do Acre e do TRE/AC. (Saiba Mais). (format .pdf, tamanho 459kB)

 

Utilização de linguagem acessível

O Tribunal Superior Eleitoral desenvolve ações no sentido de facilitar e ampliar o acesso aos portais de internet dos Tribunais Regionais Eleitorais aos portadores de necessidades especiais e àqueles com restrições motoras transitórias.

Assim, o portal de internet da Justiça Eleitoral foi desenvolvido para conferir maior acessibilidade da web para pessoas com deficiência. Nesse sentido, recebeu apoio de três servidores com algum tipo de deficiência que trabalham nos TREs de Goiás, Pernambuco e Rio de Janeiro. Dois deles são deficientes visuais e ajudaram a validar o Portal ao utilizar seus leitores de tela e verificar se conseguiam navegar com tranquilidade na página. A partir daí, situações foram corrigidas como, por exemplo, fotos antes inacessíveis ao leitor deficiente visual passaram a ter uma descrição da imagem.